terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Propaganda ao rubro!

Quando os professores mostram a fraqueza político-técnica da ME e do PM para resolver um problema criado pelas pseudo-reformas, mal feitas, na reestruturação da carreira, na avaliação de professores ou mesmo no regime de faltas dos alunos;

Quando os funcionários públicos se vêem a braços com as mesmas reformas apressadamente mal feitas e pior compreendidas e com a pressão autoritária, que lhes tolhe a indignação;

Então, nada melhor do que oferecer umas prenditas de Natal… para tapar os olhos e, mais uma vez, manipular a opinião pública, no sentido de aumentar o sentimento odioso geral para com tais classes profissionais.

Mas não faz mal. Qualquer sociedade bem ordenada funciona bem com este clima de ódio entre pais e professores, utentes e serviços públicos. E o povão gosta…